Profissionais que atuam com Banco de Dados

As atividades relacionadas a banco de dados e SGBD’s são complexas e envolvem um grande número de profissionais. Os tipos de profissionais envolvidos tem aumentado com a introdução da computação em nuvem, bussiness inteligence e a também a inteligência artificial aplicada as atividades de banco de dados.

Navathe chama esses profissionais de atores em cena e trabalhadores dos bastidores. Para os atores em cena, o autor nos fornece as seguintes definições:

Administrador da Base de Dados (DBA). Responsável por supervisionar e gerenciar o banco de dados, o SGBD e softwares relacionados. Segundo Navathe, o DBA (Database Administrator) é responsável por autorizar acesso à base de dados e coordenar e monitorar seu uso. Ele também responsável por problemas de quebra de segurança ou baixo desempenho.

Projetistas da Base de Dados.  Os projetistas são responsáveis por identificar os dados a serem armazenados na Base de Dados e escolher estruturas apropriadas para representar e armazenar tais dados. Estas tarefas são geralmente executadas antes que a base de dados seja utilizada. É responsabilidade destes projetistas obter os requisitos
necessários dos futuros usuários da base. Tipicamente, os projetistas interagem com cada grupo de usuários em potencial e definem visões da base de dados para adequar os requisitos e
processamentos de cada grupo. Estas visões são então analisadas e, posteriormente, integradas para que, ao final, o projeto da base de dados possa ser capaz de dar subsídio aos requisitos de todos os grupos de usuários

Analistas de Sistemas e Programadores de Aplicação. Os analistas de sistemas determinam os requisitos de usuários finais, especialmente dos usuários comuns, e desenvolvem especificações das transações para atender a estes requisitos. Já os programadores de aplicações implementam as especificações produzindo programas e, então, testam, depuram, documentam e mantêm estes programas. Analistas e programadores devem estar familiarizados com todas as capacidades fornecidas pelo SGBD para desempenhar estas tarefas.

Usuários Finais. Existem profissionais que precisam ter acesso à base de dados para consultar, modificar e gerar relatórios. A base de dados existe para estes usuários. Existem algumas categorias de usuários finais:

a. usuários ocasionais/casuais: ocasionalmente fazem acesso à base de dados, mas eles podem necessitar de diferentes informações a cada vez que fazem acesso. Eles podem usar uma linguagem de consulta sofisticada para especificar suas requisições e são, tipicamente, gerentes de médio ou alto-nível;

b. usuários comuns/paramétricos/iniciantes: estes usuários realizam operações padrões de consultas e atualizações, chamadas de transações programadas, que foram cuidadosamente programadas e testadas. Estes usuários constantemente realizam recuperações e modificações na base de dados;

c. usuários sofisticados: incluem engenheiros, analistas de negócios e outros que procuraram familiarizar-se com as facilidades de um SGBD a ponto de implementar as próprias
aplicações para que atendam suas necessidades complexas d. usuários isolados: mantêm bancos de dados pessoais usando pacotes de programas prontos, que oferecem interfaces de fácil utilização, baseadas em meus ou gráficos

Para os trabalhadores dos bastidores, pessoas que mantém o ambiente (sem estar interessados no conteúdo das bases de dados), Navathe apresenta as seguintes definições:

a) Projetistas e implementadores de sistemas de SGBD: projetam o implementam os módulos e as interfaces do SGBD.

b) Desenvolvedores de ferramentas: projetam e implementam ferramentas que são pacotes de software que facilitam a modelagem e o projeto do banco de dados, o projeto do sistema
de banco de dados e a melhoria no desempenho. Ferramentas são pacotes opcionais que, em geral, são adquiridos separadamente.

c) Operadores e pessoal de manutenção (pessoal de administração de sistemas): são responsáveis pela execução e manutenção do ambiente de hardware e software para o sistema
de banco de dados.

Da nossa parte, podemos complementar a lista com as seguintes funções e respectivas atividades:

Analista de dados. Responsável por analisar as necessidades de informações da organização e projetar a estrutura e os modelos de dados adequados para o banco de dados. Eles também desenvolvem consultas e relatórios personalizados para atender às demandas dos usuários.

Arquiteto de banco de dados. Responsável por projetar a arquitetura geral do banco de dados, incluindo a seleção do sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD) apropriado, a definição de políticas de segurança, a configuração da replicação de dados e o dimensionamento do banco de dados para atender aos requisitos de desempenho e escalabilidade.

Engenheiro de segurança de banco de dados.  Responsável por proteger os dados armazenados no banco de dados contra ameaças e violações de segurança.

Em função das cobranças em provas de concursos, também vamos complementar a descrição do DBA, em especial, em relação a suas funções e atividades. As principais funções de um Administrador de Banco de Dados (DBA) são:

  • Instalação e configuração: O DBA é responsável por instalar e configurar o sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD) nos servidores, garantindo que o ambiente esteja adequado para suportar as necessidades da aplicação.
  • Monitoramento e desempenho: O DBA monitora constantemente o desempenho do banco de dados, identificando gargalos, otimizando consultas, ajustando configurações e implementando índices para garantir o desempenho adequado do sistema.
  • Segurança: O DBA é responsável por implementar medidas de segurança no banco de dados, como controle de acesso, autenticação de usuários, criptografia de dados e auditorias de segurança. Eles também garantem a integridade dos dados, protegendo contra falhas e ameaças externas.
  • Backup e recuperação: O DBA cria e gerencia rotinas de backup para garantir a disponibilidade dos dados em caso de falhas, corrupção ou desastres. Eles também são responsáveis por desenvolver e testar planos de recuperação, visando restaurar o banco de dados em caso de perda de dados.
  • Gerenciamento de espaço: O DBA monitora e gerencia o espaço disponível no banco de dados, realizando tarefas como expansão de armazenamento, gerenciamento de tabelas e índices, e implementando políticas de arquivamento e purga de dados.
  • Concessão de autorizações: O DBA é responsável por conceder e gerenciar as permissões de acesso aos usuários do banco de dados, garantindo que apenas usuários autorizados tenham acesso aos dados e executem operações adequadas.
  • Suporte e resolução de problemas: O DBA oferece suporte técnico aos usuários, desenvolvedores e equipes de TI, solucionando problemas relacionados ao banco de dados, respondendo a consultas e fornecendo orientação técnica.
  • Migração e atualização: O DBA realiza a migração de dados entre diferentes versões do SGBD, bem como a atualização de patches e correções de segurança, garantindo a compatibilidade e a estabilidade do sistema.

FMP

(FMP – 2011 – Auditor Público Externo (TCE-RS)/Administração Pública ou de Empresas)Um administrador de banco de dados (Data Base Administrator – DBA) é responsável por realizar uma série de funções sobre um determinado banco de dados. Entre as funções listadas abaixo, assinale a que NÃO É de competência específica de um DBA.

A)Conceder autorização para acesso a dados a usuários.
B)Zelar pela integridade do banco de dados e definir procedimentos para criação e recuperação de backups.
C)Auxiliar equipes de desenvolvimento e de testes a maximizar o desempenho e uso do banco de dados.
D)Planejar, documentar, gerenciar e integrar recursos de informações corporativas de forma a manter as regras de negócio coerentes.
E)Projetar o armazenamento dos dados de forma a atender às necessidades de acesso.

Comentários:

Gabarito D)

Embora o DBA tenha um papel importante na administração e gerenciamento do banco de dados, a responsabilidade de planejar, documentar, gerenciar e integrar recursos de informações corporativas de forma a manter as regras de negócio coerentes geralmente é atribuída a um profissional de análise de negócios ou um especialista em gestão de informações.

UFLA

(COPS UFLA – 2009 – Técnico em Tecnologia da Informação (UFLA)/2) São funções de um DBA (Data Base Administrator), ou administrador de banco de dados, EXCETO:

A) Elaboração de uma estrutura de armazenamento de dados e métodos de acesso.
B) Manutenção e atualização do sistema operacional.
C) Modificação do projeto do banco de dados para melhoria de desempenho.
D) Controle da permissão de acesso aos dados.

Comentários:

Gabarito B.

O DBA lida com o SGBD, não sendo responsável pelo sistema operacional.

 

 

 

Rolar para cima